Arquivo da tag: bom e barato

Os meus restaurantes preferidos em SP:

Não sou gourmet, nem entendo muito de comida… Mas adoro sair pra almoçar/jantar fora e comer bem (se eu consigo ir caminhando, melhor ainda), não sou simpática à ideia de gastar muito, não curto japonês (sushi e afins), sou louca por carne e hambúrguer e gosto de lugares que misturem boa comida, serviço adequado e ótimo astral.

Se alguém se identificar com alguma dessas características acima, então esta lista é uma mão na roda na hora de sair para comer em SP.

foto02

  1. Arpége: super simples, bom e com preço razoável. Aquele lugar para comer um ótimo PF com um twist. É bem pequeno, por isso, gosto de sentar na rua, pedir uma cervejinha e ficar observando a vizinhança.
  2. Don Mariano: espanhol simples e com várias opções que vão além da paella (que deve ser encomendada algumas horas antes) e tapas. A carta de cervejas é ótima!
  3. Joaquin’s: o melhor hamburguer de SP, na minha humilde opinião.
  4. L’Entrecot de Paris: já fiz post aqui. Amo por oferecer apenas um tipo de prato, amo a comida, o clima, enfim, em quatro anos de SP, ainda é o meu restaurante preferido.
  5. Ritz: clima nota 10! Gosto de sentar no bar, pedir um drink e os bolinhos de arroz de entrada.
  6. Serafina: dentre todas as pizzas que já provei aqui em SP, a do Serafina é a única que tem massa, molho, queijos e mistura de sabores iguais as que eu comi na Itália. Mas  vá à unidade do Itaim, a do Jardins tem atendimento péssimo.
  7. Chez Mis: Clima nota 1000, lugar lindo, comida maravilhosa! Ótimo para pedir várias entradinhas e ficar bebericando.

foto01

  1. Athenas: já fiz post aqui. O melhor custo-benefício de SP quando se quer comer bem/fartamente e estar em um local super animado.
  2. Juanita: acho que é o único da lista que perde pelo astral, mas que tem carnes tão deliciosas que dá pra morder e se sentir em Buenos Aires por alguns minutos. É um argentino com preço realmente bom (e tem Quilmes geladinha), o que compensa bastante a simplicidade do local. Adendo: argentino bem mais caro, mas com carne dos deuses é a Parilla San José.
  3. Zeffiro: restaurante do tipo no ‘jardim de casa’, que também é uma rotisseria, por isso produz suas próprias massas. É muito gostoso e tem preço super adequado.
  4. 210 Dinner: clima incomparável, a melhor música ambiente (seleção de rock incrível) e comida norte-americana.
  5. Bar da Dona Onça: já fiz post aqui. Um dos melhores strogonoffs da cidade! Mas tem um monte de outras coisas fantásticas e um clima super bohêmio…

foto03

  1. Cacilda: costumo almoçar por lá frequentemente (fica na rua do meu trabalho) e as carnes e massas são deliciosas. O preço é mais em contano menu executivo, mas o lugar é bem bonito e animado.
Anúncios

Restaurante: Athenas – Café e Restaurante

Já que um dos objetivos aqui é falar/dividir/compartilhar sobre lugares legais, nada melhor do que começar com um restaurante que é praticamente no quintal aqui de casa, hehe: o restaurante Athenas (Rua Augusta, 1449).

Conheci o Athenas quando ainda não morava em São Paulo (uma amiga me levou para um almoço) e simpatizei imediatamente. O local é uma mistura muito bem sucedida de café com restaurante e bar, fica aberto quase que 24 horas, tem um preço justíssimo para os padrões de São Paulo e porções mais do que generosas, então posso afirmar que é um dos meus lugares favoritos.

Naquele dia, experimentei o Moussaká (R$22) com a salada grega – como o nome do lugar indica, eles servem algumas especialidades da Grécia, mas o cardápio é bem mais variado: sanduíches, petiscos e pratos incrementados (tem até carre de cordeiro). Na época, lembro que amei o Moussaká, levinho e com um tempero perfeito.

Depois que mudei de Porto Alegre para São Paulo, virei habitué, eu e o marido sempre levamos amigos e família para um almoço ou jantar mais descontraído. Já aviso que o ambiente é eclético, mas eclético mesmo, famílias, casais, grupos de amigos e público GLS forte, como tudo na região da Augusta, né?

Foi numa dessas visitas que me desencantei com o Moussaká. Sei lá o que aconteceu, passou a ficar seco e sem o sabor de sempre. E não foram uma ou duas tentativas… uma pena. Não sei como anda agora, nunca mais pedi, o que não foi um grande problema, pois virei fã do sanduíche Santorini (R$24) – uma porção gigante e super possível de dividir com uma amiga de pão ciabatta recheado com filet , bacon e salada, acompanhado por batatas fritas daquelas gordinhas. Hummm, delicioso.

Mas o que realmente me faz amar o Athenas é um dos pratos mais básicos de qualquer boteco, o contrafilé à cavalo. É surpreendente e na minha singela avaliação lembra os melhores bifes de chourizo argentinos. Como todo o contra à cavalo, vem acompanhado de ovo frito (esse ainda ganha lâminas de bacon) e as tais das batatas fritas gordinhas. O preço: R$27, salgado para um simples contrafilé, justíssimo para o ele proporciona, pois vem com o “combo” mordida + teletransporte para o Puerto Madero :).

Vale a pena pedir um contrafilet + chopinho e fazer uma refeição delicios (e calóoooorica), gastando um pouco mais de R$30.

O atendimento é rápido e preciso (não vá esperando mordomias) e o ambiente é agradável, mas sempre cheio e com bastante burburinho das conversas animadas. Se não quiser pegar fila, chegue cedo.

Dica! Para as meninas que amam drinks como eu, também vale muito o Cosmopolitan (taça grande e doce como a bebida pede) ou o Mojito.