Coisas intrigantes para um gaúcho em São Paulo

foto-galeria-materia-620-ty

Isto não é uma crítica ao jeito paulistano de viver ou à cultura do Estado. Apenas uma lista das características que fui percebendo ao caminhar pelas ruas, pegar o metrô de cada dia e, claro, na convivência com as pessoas. Tenho relatos de amigos daqui – que já viveram ou vivem no Rio Grande do Sul – apontando um monte de peculiaridades gaúchas que, bem, pra mim são absolutamente naturais. : )

1 – É normal morar longe, muito longe do trabalho.

Claro que isso se explica pelo tamanho da cidade e por ser uma das mais populosas do mundo – mais de 11 milhões de pessoas moram apenas na capital. Mas me assustei quando percebi que é bastante comum encontrar pessoas que fazem o trajeto equivalente a Porto Alegre-Torres (praia que fica no limite do RS com SC) para ir trabalhar. Ou seja, gastam 2h30 para ir e mais 2h30 para voltar, to-dos os di-as.

2 – Poucos frequentam a casa dos amigos por aqui.

Estou aqui há quatro anos e posso contar nos dedos os convites que tive para fazer um happy-hour, jantar, enfim, conhecer a casa de alguém. As relações são mais impessoais e se resumem a ir em um barzinho depois do trabalho.

3 – Você pode ser atropelado por carros, motos, mas também por pessoas.

Sim, fora o trânsito caótico (que Porto Alegre também não está livre), as pessoas caminham tão rápido e em bandos, que você pode (literalmente!) ser atropelado por elas. Experimente andar pela Avenida Paulista no final do expediente e comprove.

4 – Pizza, mesmo em fins de semana, se come à noite.

Talvez esta seja uma característica da minha família e não tão, assim, gaúcha, mas não me lembro de ter horário para comer pizza. Aqui tem e nenhuma pizzaria abre antes das 18hs.

5 – Não existe uma cultura típica.

Bom, isso é resultado da enorme quantidade de etnias e imigrantes que São Paulo abriga. Somos tão acostumados com a nossa cultura gaúcha (e nosso chimarrão, churrasco e café colonial etc) que é estranho não ter nada muito típico além de pizza e pão na chapa (hummm, isso pode entrar no post das delícias de São Paulo) para apresentar para alguém de fora.

 Apesar de tudo, São Paulo é a cidade que eu escolhi para viver e, ainda que a saudade do Rio Grande do Sul aperte muitas vezes, é repleta coisas incríveis que a transformam em um lugar único que  eu tenho o prazer de desfrutar todos os dias. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s